Sexta-feira, 22 de Maio de 2009

The yes man

Não costumo reflectir muito sobre os filmes que vejo. Até porque na maioria das vezes vejo-os só para me divertir, para esvaziar a mente.  Mas acabei de ver o "Yes Man" com o Jim Carrey. Achei que o filme tem uma mensagem muito porreira. Mostra que se seguirmos sempre o que o nosso coração manda, boas coisas acontecerão e que o desconhecido não é necessáriamente mau.  Eu falo por mim que ao longo da vida desperdicei muita ocasião e oportunidades por me querer manter naquele pequeno espaço de comodismo e segurança que tinha. Acabei por perder sensassões, por não conhecer pessoas, uma infinidade de situações.  Ao não querer arriscar acabei por perder. Só mais tarde me apercebi disso.

 

Por outro lado é bom ver que quando seguimos o coração uma série de acontecimentos começam a ter lugar, especialmente quando isso implica lutarmos contra alguns dos nossos medos. Como se ouvesse alguém a "conspirar" connosco para que as coisas positivas aconteçam.

 

A vida é um mistério e é no desconhecido que se encontram as coisas mais inexperadas e emocionantes.

 

"Vivo, porque não me interessa fazer o contrário" 

 

FP 

 

sinto-me: Em reflexão
música: Within temptation

publicado por FilipeP às 23:38
link do post | comentar | favorito
15 comentários:
De nokas a 23 de Maio de 2009 às 01:06
Acho que se seguíssemos sempre o coração íamos dar muitas cabeçadas, pelo menos falo por mim o coração é muito traiçoeiro faz-nos fazer coisas que já mais passam pela nossa cabeça, eu nunca sobreponho o coração à cabeça, as vezes que fiz arrependi-me:( podem lhe chamar de cobardia eu chamo-lhe de auto-defesa…

beijinhoooss bom fim de semana


De FilipeP a 23 de Maio de 2009 às 11:21
Pois... compreendo o que queres dizer. Talvez tenhas razão. Mas pensa o que teria acontecido se não tivesses seguido o coração: irias ficar na eterna dúvida sobre o que iria acontecer. O coração também aprende e é a errar e a acertar que ele fica mais experiente e desperto para a verdadeira felicidade.

Beijocasssssss
E bom fim de semana também para ti


De Tudo SobreTudo a 23 de Maio de 2009 às 10:47
Vi esse filme a semana passada e adorei!
Penso que atitude positiva ajuda em muito a sermos mais felizes, mas como mostra o filme e é a realidade:Não se pode dizer Sim a tudo e a todos!
Beijinhos


De FilipeP a 23 de Maio de 2009 às 11:24
Olá TST
Exactamente. Acho que acima de tudo ensina-nos a que quando queremos uma coisa para avançar-mos em busca dela, sem medo do desconhecido. Mas é com dizes o Sim tem de ser controlado com o nosso bom senso, tal como o não.

Beijinho e bom fim de semana


De abelhinha a 23 de Maio de 2009 às 16:34
Hum... gostei bastante da frase final. Não sei se acontecem só coisas boas por seguirmos o nosso coração/nossa vontade.... mas sei que assim vivemos melhor porque mesmo que corra mal pelo menos vamos pelo caminho que escolhemos.
Eu entendo-te: também gosto do meu "espaço seguro", sem arriscar muito para fora dele.. mas às vezes tem que ser. Até para crescermos como pessoas.

Beijinhos


De FilipeP a 23 de Maio de 2009 às 19:00
Olá
Acho que faz parte da essencia humana não arriscar muito. Mas também tenho a certeza que se não arriscarmos a nossa vida irá sempre igual e sem novidades. Acho que o melhor será arranjar um equilibrio.

Fico feliz por gostares da frase

Beijinhos


De Jade a 24 de Maio de 2009 às 14:42
olá

Ainda não vi o filme, mas vi o trailer . Pelos vistos tem a ver com o facto de sermos mais positivos com a vida, de querer viver a vida como ela é, não nos afastarmos dela, não vivermos numa redoma , ...não deixar escapar momentos, pessoas, locais,... sei lá!... não deixar a vida
passar. O filme pode ter exagerado,... mas é um filme, neste caso para nos entreter, nos fazer pensar...talvez?!

Li aqui uma referencia a Óscar Wilde , pois ele escreveu "Viver é a coisa mais rara do mundo - a maioria das pessoas apenas existe"

Esta frase é forte, mas para mim é verdade! Temos é que saber viver e isso só se consegue experimentando, seja com o coração seja com a cabeça é o resultado das duas que faz crescer, faz evoluir o nosso ser.

Bom por agora chega de vicissitudes da vida e não deixes de passar as oportunidades, porque eu pelo menos tento não deixar passar, mas às vezes elas escapam-nos sem querer...

Viver é uma viagem
uma digressão
nada mais que um percurso
extenso de acontecimentos
numa descoberta
na qual não adianta caminhar
sem o fim desejado alcançar

Pelo menos... uma vez na vida tentar!
:)

beijo
Jade




De FilipeP a 24 de Maio de 2009 às 15:09
Olá Jade
Concordo contigo em relação á atitude em relação á vida. Ela é mesmo para viver e não para a ver passar. Conhecia a frase que escreves-te, mas admito que não sabia que era de Oscar Wilde. Cada vez tenho mais curiosidade em conhecer o seu trabalho.

Gostei bantante do teu pequeno texto no fim.

Obrigado pela tua visita. Volta sempre
Beijinho
FP


De Jade a 24 de Maio de 2009 às 20:26
Olá

Só uma nota de atenção. A frase encontro-a muitas vezes citada como sendo de Óscar Wilde. Mas não foi à fonte verificar.
:)

Jade


De Estrela a 24 de Maio de 2009 às 15:25
o ideal é o meio termo, conjugando a cabeça com o coração!!!
as oportunidade na vida devem ser bem reflectidas, para que nso lembramos delas como vitórias e não como perdas!!! ;)


De FilipeP a 24 de Maio de 2009 às 19:07
exacto. Tem de haver ponderação nas nossas acções. Mas o importante é não nos deixarmos controlar pelos nossos receios


De Just Moments a 24 de Maio de 2009 às 17:58
Olá!!

..não vi o filme!! Mas não importa o que perdeste, importa sim o que podes ganhar daqui para a frente!
Eu pessoalmente, gosto de seguir o coração..com as consequências boas ou más que nos podem trazer!!

E tudo nos é devolvido em dobro!!

E vive,sim..que motivo melhor que o que disseste na frase??

Beijinhos


De FilipeP a 24 de Maio de 2009 às 19:10
Aconcelho que vejas... além de divertido tem uma mensagem boa. Também concordo que o melhor é seguir o coração com a devida ponderação claro.

Claro... nada melhor que viver


De Selene a 28 de Maio de 2009 às 19:50
Também vi esse filme. O Jim Carey é aquela coisa, so funny!
Não concordo que tenhamos de dizer sim a tudo para sermos surpreendidos pela vida mas concordo que não nos devemos entregar apenas ao seguro, ao comodismo.
Eu sinto-me um pouco uma antítese, por um lado gosto do seguro porque tenho responsabilidades, por outro sinto uma vontade enorme de me arriscar, de superar as expectativas...
Apenas com quase um quarto de século e já com tantas responsabilidades.


De FilipeP a 28 de Maio de 2009 às 20:06
É mais ou menos o que disseste. É preciso não perdermos a noção do que é importante para nós e não nos acomodarmos ao nosso cantinho, mesmo que ele seja muito seguro. Ás vezes é mesmo preciso partir á aventura.

Obrigado pela visitinha


Comentar post

.mais sobre mim

.Mirones

Free Counters

.Maio 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


.posts recentes

. E mais um sonho :)

. Mais um dia

. Conto 1

. Onze minutos

. A ilusão das lâmpadas eco...

. O que comemos é o que pen...

. Nem tudo é o que parece.....

. A ignorancia é felicidade

. Questão

. Horta de varanda

.arquivos

.tags

. todas as tags

.links

.Apoio

Partido pelos Animais e pela Natureza
blogs SAPO

.subscrever feeds