Segunda-feira, 27 de Julho de 2009

Foward

Criou-se um hábito generalizado por todos os utilizadores da net de fazer foward de todo o tipo de emails engraçados ou outros que chegam ás suas caixas de correio.  Acho que até é uma maneira engraçada de dizer algo aos amigos, de os fazer rir e sentir que de facto se lembram deles.

O problema começa quando nos destinatários se encontra toda a lista de endereços da pessoa ( que já agora acho mal estar a divulgar assim ) ou simplesmente não aparecer destinatários ( o famoso BCC ). Este tipo de email deixa de parecer um "Olá amigo tás bom?" para um "deixa-me é esvaziar isto tudo para algum lado". 

É que o tempo que demora a escrever um email a um amigo com umas palavras de amizade e de interesse é pouco mais do que o tempo que demora a reenviar 20 emails ( ás vezes demora uns 30 seg a escrever a um amigo... uma eternidade  ) e o tipo de contacto é muito mais pessoal. 

Uma outra forma positiva é incluir no foward algumas palavras... mais que não seja para a pessoa que recebe o email perceber que aquela mensagem era mesmo para ela. Acreditem que faz a diferença!!!

 

Ás vezes as modernices trazem assim umas coisas más. Bons velhos tempos em que se recebiam cartas e as mensagens ficavam guargadas numa caixinha... Eu tenho uma gaveta com muitas 

 

Paz

FP

 

sinto-me: Bem, pois então
música: Silêncio... tb é mt bom

publicado por FilipeP às 19:33
link do post | comentar | favorito
31 comentários:
De the_deepest_soul a 27 de Julho de 2009 às 21:16
Eu tenho muitas cartas guardadas! Umas que não cheguei a enviar e muitas outras que recebi! Quando era teenager, era esta a forma de contacto nas férias entre as amigas! Anseio em receber uma carta! Adorava!
Hoje em dia, já perdi a vontade! Essas amigas já não existem! Os emails tornaram-se mais práticos! Enfim ... tudo uma questão de cirscunstância, mas as antigas estão bem guardadas e vão ficar para sempre! Nem que seja para chorar o que ali está escrito!

kiss's


De FilipeP a 27 de Julho de 2009 às 22:45
Acho que é muito giro ler essas cartas antigas. Muitas dão vontade de rir com as coisas que escreviam na altura.
Os amigos é mesmo assim. Uns desaparecem, outros aparecem, uns ficam, outros não. Temos é que aprender a viver com isso. Também já passei muitos momentos de tristeza devido aos amigos, mas aprendi que isso não me ajudava em nada, portanto sorrizo na cara.

Beijinho e boa semana


De Selene a 27 de Julho de 2009 às 21:26
Sem dúvida...Concordo com o que disseste. Bem pensado.
Hoje em dia é tudo tão impessoal...
Eu antigamente gostava muito de oferecer poemas e desenhos escritos por mim aos/às meus/minhas amigos/amigas.


De FilipeP a 27 de Julho de 2009 às 22:51
É mesmo. Os emails não tÊm o mesmo valor que uma carta, apesar de ser a forma mais rápida de comunicar. Tenho saudades de recebê-las para ser sincero.


De Selene a 28 de Julho de 2009 às 09:11
Eu para ser sincera nunca recebi muitas cartas, na minha adolescencia o computador já imperava em força.


De FilipeP a 28 de Julho de 2009 às 10:07
Pois.... eu sou um bocadinho mais "Old School"
hehehe.


De Selene a 28 de Julho de 2009 às 15:27
Não és assim muito mais velho que eu.


De FilipeP a 28 de Julho de 2009 às 21:08
upsss, não sei porquê achava que tinhas uns 24 25 anitos...


De Selene a 29 de Julho de 2009 às 12:53
E tenho!
Tenho 24 e tu?


De FilipeP a 29 de Julho de 2009 às 19:02
Como é que eu tinha esse feeling... ???

Eu tenho 31.. são sempre mais uns quantos que fazem a diferença na era das tecnologias


De Selene a 29 de Julho de 2009 às 19:38
Se calhar já tinha referido a minha idade no blog, não sei...
Não és muito mais velho que eu mas tenho que concordar contigo, a tecnologia evolui muito rápido. E se calhar enquanto tu passaste a tua adolescência a conviver com os amigos, a sair, fazer surf eu passei-a em frente a um computador.


De FilipeP a 29 de Julho de 2009 às 20:41
Foi assim, mais ou menos.
O meu primeiro pc chegou-me ás mãos aos 17 ou 18 anos (um pentium a 90 mhz ) e nessa altura não havia internet e era dificil arranjar jogos e assim. Logo apesar de até o ter não o usava tanto quanto isso.
Eu ainda sou do tempo em que para se jogar um jogo tinha que se colocar uma cassete e esperar 1 hora para ele carregar.... Entretanto jogava-se á bola. Grandes saudades desses tempos


De Selene a 30 de Julho de 2009 às 14:16
Uma hora para carregar?
Eu tive pc aos 13 ou 14 anos, não era uma máquina por aí além mas tinha internet e tinha alguns joguitos...


De FilipeP a 30 de Julho de 2009 às 21:20
Haaaa tu não conheces o maravilhoso spectrum que tabalhava com cassetes ? Não sabes o que perdes.
A diferença de idades não é muita de facto, mas foi numa altura em que os pc evoluiram muito em poucos anos.


De Selene a 31 de Julho de 2009 às 10:57
Não, não conheço. Era um jogo de quê?


De FilipeP a 31 de Julho de 2009 às 14:26
Procura na net.... Spectrum 128K (é o nome do "pc"). Até te vais rir. Um telemovel (dos fraquinhos) hoje em dia tem mil vezes mais capacidade que esse pc...
Os jogos eram super basicos, mas montes de divertidos


De Marta a 27 de Julho de 2009 às 22:29
Olá Filipe,
É sem duvida das coisas que também me faz uma ligeira impressão. Tanto que quando reenvio um e-mail faço sempre um comentário meu.
Mas eu sou suspeita ainda sou das que gosta de escrever no caderninho.
Não só tenho cartas guardadas como as releio de vez enquanto e consigo reviver momentos e pessoas.
Beijinhos


De FilipeP a 27 de Julho de 2009 às 22:56
Olá
É mesmo isso. Acho que basta um comentário no foward para ser tudo mais pessoal. Quando recebo muitos fowards fico sempre com a sensassão que nem sequer olharam para o destinatário. Daquelas coisas de "enviar para todos".

Receber uma carta é bem mais especial sem dúvida

Beijinho e boa semana.


De Tudo SobreTudo a 28 de Julho de 2009 às 14:12
A quem o dizes!
Sou muito a favor de não reenviar aqueles circulos de e-mails!


De FilipeP a 28 de Julho de 2009 às 16:10
Yep, torna a comunicação muito impessoal. Eu ainda acho que não há nada como escrever um mail personalizado ou , na melhor das hipoteses, uma carta.


BEijinho


De Caminhando... a 29 de Julho de 2009 às 10:58
Olá!
Estou de acordo contigo!
Gosto é de reenviar aqueles email 's</a> com imagens lindíssimas , ou então bonitas palavras... mas é raro faze-lo!
Dá-me muito mais gozo, quando me apetece mandar um simples email a perguntar se está tudo bem e a mandar um enorme beijo :)

Mas sabes, já sou do tempo em que os computadores imperavam mas, ainda tenho cartas aqui, que de vez em quando releio...
apesar de achar os email 's</a> muito mais rápidos e práticos , gosto bastante de cartas... conseguir visualizar a letra da outra pessoa, torna a mensagem ainda mais pessoal :)

Beijinho e um


De FilipeP a 29 de Julho de 2009 às 18:21
Olá Joana
Acho que isto tudo tem a ver com o facto de eu achar que as relações entre as pessoas cada vez são mais distantes. Ou seja, apesar de termos á nossa disposição tudo para comunicar-mos com as pessoas de quem gostamos ainda assim não temos tempo para um olá.

Obrigado pelo

Um bem grande também para ti
Beijinho


De Rosalina a 29 de Julho de 2009 às 11:51
Quando envio um email a quase todos os meus contactos é sinal que gosto mesmo do seu conteúdo e que o quero partilhar com os amigos. Tão simples quanto isso. Não faria sentido ter 20 amigos e enviar apenas a um.
Depois referes que não achas bem tb não aparecer destinatário (BCC). Menino! Tanta sensibilidade!
Claro que tudo isto depende da pessoa que envia os emails. Mas 95% dos emails que recebo são mesmo de pessoas por quem tenho consideração, a maioria amigos. Dessa forma, não me incomoda nada o sistema BCC, por revelar cuidado em não anunciar emails de outras pessoas, nem o sistema em que aparecem os contactos dos amigos dos meus amigos, porque isso até mostra que confiam em mim e que sabem que não vou servir-me desses emails.
Está dito.
É o meu ponto de vista, que, naturalmente é o melhor :.) para mim, claro.

Continuação de boa semana, amigo!!
Jinho


De FilipeP a 29 de Julho de 2009 às 18:32
O que não gosto mesmo é de receber muitos emails da mesma pessoa sem que haja um contexto. Compreendo que ás vezes os emails tem boas mensagens e coisas divertidas, mas se toda a gente andar a enviar todos os emails giros que tem o pessoal não os consegue ler todos. E depois a maioria não interessa. Claro que os emails dos Amigos é diferente. As mensagens merecem sempre importancia.

Uma boa semana também para ti. Beijinhos


De 100jeito a 29 de Julho de 2009 às 16:08
Também tenho uma gaveta cheia! As vezes dou por mim a ler aquelas cartas! Bate uma saudade daqueles tempos!!!

Beijinho


De FilipeP a 29 de Julho de 2009 às 19:22
É mesmo... também gosto de ler as minhas cartas de vez em quando. E algumas são tão tolas Coisas de outros tempos.

Beijinho


De fairyland a 29 de Julho de 2009 às 18:35
Lindinhooooooooo!
Juro, mas daqueles "jurares" mesmo a sério, que quando não escrevo nada é porque pronto, me desqueci, ou estou a correr!
Mas o que é certo é que quando os mando é porque penso, olha lá, esta coisa até tem piada, e quem ia achar piada também era o lindinhooooooo .
Prova, portantos, que estou a pensar na pessoa a quem envio
E agora que já apresentei as minhas desculpas tenho outra.
Ontem...ah e tal...foi outra vez a mesma cena...mas hoje, mais tardote era bem, não?
Tipo mesmo mesmo quando é quase amanha já, o que te parece?
Beijinho bom


De FilipeP a 29 de Julho de 2009 às 19:35
Tu estás acima de qualquer suspeita amiguita... Vindo de ti eu acredito que veja com aquele pensamento "ele vai gostar de ler isto" A mensagem era mais sobre aqueles "amigos" que estão meses sem dizer nada, mas que conseguem atulhar a nossa caixa de mail todos os dia.

"Logo quando é quase amanhã".... gostei Assim será, cara donzela.

Beijoca das boas


De espaço da raquel a 31 de Julho de 2009 às 19:45

que saudades de receber cartas, hum, cartasssssssssss de amorrrrrrrrrrr quem as não temmmmmmm, carta de amorrrrrrrrrr, os e-mails podem ser m rápidos é bem verdade mas nunca terão o mesmo valor que uma carta. Todas as cartas que até hoje recebi, guardei-as, mesmo aquelas que me causaram alguma "dor".
Beijo para ti


De FilipeP a 31 de Julho de 2009 às 21:45
É mesmo Estas modernices rápidas de hoje não tem o meso feeling que tinham as cartas. É curioso que hoje toda a gente troca endereços de email , mas ninguém troca moradas.
Tembém tenho uma gaveta cheia delas.

Beijoca laroca


De espaço da raquel a 1 de Agosto de 2009 às 16:24
é mesmo isso, modernices.
beijoca laroca acompanhada de um grande beijovski para ti tb




Comentar post

.mais sobre mim

.Mirones

Free Counters

.Maio 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


.posts recentes

. E mais um sonho :)

. Mais um dia

. Conto 1

. Onze minutos

. A ilusão das lâmpadas eco...

. O que comemos é o que pen...

. Nem tudo é o que parece.....

. A ignorancia é felicidade

. Questão

. Horta de varanda

.arquivos

.tags

. todas as tags

.links

.Apoio

Partido pelos Animais e pela Natureza
blogs SAPO

.subscrever feeds