Segunda-feira, 17 de Agosto de 2009

Como se vive?

Esta foi a pergunta colocada por uma amiga hoje. Apesar de ter respondido de uma forma bastante ligeira fiquei a pensar no assunto. 

Acho que não existe um protótipo de vida. Isto porque todos somos diferentes e todos temos o nosso proposito neste espáço de tempo a que chamamos vida. Penso que o essencial é tentar-mos buscar a nossa felicidade, independentemente onde a encontramos. Á quem a encontre a trabalhar, á quem a encontre a ajudar os outros,  á quem a encontre a escrever, a falar, a pensar. É indiferente onde ela está, o importante mesmo é encontrá-la.

 

É curioso porque a maioria de nós já a encontrou numa altura da vida ou noutra, mas devido ás condicionantes da vida teve de a deixar ir. Mas no meu ponto de vista nunca é tarde demais para a reencontrar e para a procurar. Ás vezes tem é de se pesquisar um pouco mais e algumas vezes tem de se abdicar de outras coisas para a encontrar. Mas nada nos é dado gratuitamente.

 

Sem esse pormenor a que chamamos Felicidade a  vida não passa mais do que sobrevivência. Uma sequência de dias que se prolongam a muito custo e em que quando acordamos nos apetece logo voltar a dormir e voltar para o mundo dos sonhos onde muitas vezes somos felizes. 

 

A vida não pode ser dissociada da felicidade, nunca.

 

FP 

sinto-me: Grato pela vida
música: Llewellyn - The Healing Mist

publicado por FilipeP às 22:15
link do post | comentar | favorito
7 comentários:
De Selene a 18 de Agosto de 2009 às 19:26

Então a minha pergunta deixou-te a pensar...
Pois é, viver é diferente para cada pessoa. Uns são felizes naquela vida de trabalho casa, outros preferem as nights, outros criar algo, outros viver para a família, outros ajudar os outros, etc.
Mas viver é algo muito particular e ao mesmo tempo social, fruto dum tempo e espaço.
E efectivamente o que devemos procurar sempre é o que nos faz feliz, é isso que dá sentido à vida.
Bjns.


De FilipeP a 18 de Agosto de 2009 às 22:09
Pois fiquei a pensar.
Apesar de ter tentado dar aqui uma resposta acho que não sei bem a resposta. Quero dizer, hoje sei, mas amanhã posso descobrir que estou errado.
É como dizes.. Viver é muito diferente de pessoa para pessoa. Eu cada vez me sinto mais deslocado no meu viver....


Beijinho


De Selene a 19 de Agosto de 2009 às 12:18
Senteste deslocado porque as pessoas que te rodeiam são muito diferentes de ti.
É perfeitamente normal o que sentes. Não quer dizer que estejas errado.
Se virmos bem, os génios, os que deram grandes passos para a humanidade também não eram entendidos no seu tempo, o seu valor foi reconhecido após a sua morte.
E não tem mal nenhum se vieres a mudar a tua forma de viver, desde que seja sempre para o bem, para melhor.


De FilipeP a 19 de Agosto de 2009 às 17:15
Gostei dessa comparação com as grandes personalidades da nossa histórioa

O que eu gostava mesmo era de ter descoberto á mais tempo o que sei hoje... Mas nunca é tarde demais para se procurar ser feliz e mudar, mas claro que quanto mais velho, mais custa... ou não


De Selene a 19 de Agosto de 2009 às 17:53
Fica feliz pelo simples facto de teres aprendido o que sabes hoje.
Acredita, há pessoas que vivem uma vida inteira e não aprendem, estagnam e vivem frustradas.
Eu descobri que nunca é tarde, há coisas que mesmo pensemos que são para os mais jovens também o são para os mais velhos.


De abelhinha a 20 de Agosto de 2009 às 21:06
É bem verdade... Viver não tem uma única definição. Eu acho que além da felicidade é muito importante a sinceridade: quer com os outros quer contigo próprio. Para saberes aquilo que queres e também preserverança para lutar pelos teus sonhos e coragem para mudar o que está mal... Nunca é tarde para se mudar desde que te seja para seres ainda mais feliz.
Viver significa aproveitar cada minuto, cada coisa que o mundo nos proporciona... mesmo as coisas más têm que ser vividas não só para que possamos dar valor ao bom que temos mas também para crescermos, para evoluirmos.
Um beijinho e que saibas "viver bem"


De FilipeP a 21 de Agosto de 2009 às 21:10
Obrigado por este teu comentário cheio de energia positiva.

Também concordo contigo. Só sendo sinceros connosco e com os outros conseguiresmos ser verdadeiramente felizes. Só assim conseguiremos nos rodear de pessoas que vêm a vida como nós e partilham os mesmos ideais.
Mas como em tudo na vida para se atingir algumas coisas tem de se abdicar de outras. É tudo uma questão de onde queremos chegar.

Acho que ainda não sei viver bem, mas estou a esforçar-me e a aprender.

Um grande beijinho para ti e um fim de semana cheio de sorrisos


Comentar post

.mais sobre mim

.Mirones

Free Counters

.Maio 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


.posts recentes

. E mais um sonho :)

. Mais um dia

. Conto 1

. Onze minutos

. A ilusão das lâmpadas eco...

. O que comemos é o que pen...

. Nem tudo é o que parece.....

. A ignorancia é felicidade

. Questão

. Horta de varanda

.arquivos

.tags

. todas as tags

.links

.Apoio

Partido pelos Animais e pela Natureza
blogs SAPO

.subscrever feeds