Terça-feira, 1 de Dezembro de 2009

A (in)tolerancia

Apesar de estarmos na época do natal e supostamente esta deveria ser uma época de tolerância, de amor e de compaixão. E sobretudo uma época para pensarmos nos outros, o que se verifica é axactamente o contrário. As pessoas  no geral estão é preocupadas com as compras com gastar dinheiro e comprar. Como se o acto de comprar trouxesse alegria e felicidade a alguem.

Existe algo que tenho dificuldade em aceitar que e o facto de as pessoas estancionarem nos lugares para deficientes. Hoje foi ao Aki e (não ) para meu espanto estava um automovel (sem distico de deficiente) a ocupar um dos 4 lugares para deficientes. Pensei para mim "as pessoas não se preocupam mesmo com os outros". Ao sair verifiquei que desses 4 lugares 3 estavam ocupados por automoveis sem distico. Achei triste porque pensei na dificuldade que teria uma pessoa com dificuldades motoras em se deslocar do outro lado do estancionamento para chegar á loja.

 

Especialmente nesta época as pessoas deviam parar um bocadinho e pensar mais nos outros. Afinal ás vezes existem pequenos gesto que podem fazer uma grande diferença.

 

E assim começa o Natal

sinto-me: Com espirito natalicio
tags: ,

publicado por FilipeP às 13:56
link do post | comentar | favorito
14 comentários:
De abelhinha a 1 de Dezembro de 2009 às 15:18
É mesmo uma falta de respeito pelo próximo o só olhar "para o nosso umbigo"... "Olha um lugra que porreiro" Quem vem atrás que procure...

Enfim...


De FilipeP a 1 de Dezembro de 2009 às 21:19
Não consigo perceber porque é que as pessoas agem assim. Será que não lhes passa pela cabeça que poderão estar a criar muitas dificuldades a outras pessoas. Parece-me que este é um grande mal da sociedade em geral. As pessoas estão tão preocupadas com elas mesmas que se acabam por esquecer dos outros.

Beijinho


De Cláudia Oliveira a 2 de Dezembro de 2009 às 10:43
Pois é Felipe, isso existe durante o ano inteiro.
Qto ao consumismo eu acho deprimente


De FilipeP a 2 de Dezembro de 2009 às 21:34
Pois existe, mas talvez nesta altura as pessoas devessem ter um bocadinho mais de sensibilidade. Afinal deveria ser para isso que o Natal serve.

Quanto ao consumismo acho que é o reflexo de uma sociedade que tenta buscar nos bens materiais a felicidade que não conseguem encontrar de outro modo.


De emma_leiria a 2 de Dezembro de 2009 às 14:36
As pessoas são o que são a ano inteiro Amigo, não é no Natal que se vão modificar por magia, e até chego a pensar que quem o faz não deixa de ser um pouco hipócrita e fingido...
Os consumistas do Natal são os consumistas do ano inteiro, os que estacionam nos lugares inadequados agora são os mesmos que o fazem no ano inteiro....
Porque queremos que o Natal como por magia modifique tudo isto.... porque ainda queremos acreditar no pai natal talvez...
Beijokas


De FilipeP a 2 de Dezembro de 2009 às 21:40
Tens razão amiga, mas será que as pessoas não deveriam fazer um esforço para pensarem um bocadinho nos outros? Não só agora como em todo o ano. Eu compreendo que todos têm os seus problemas, mas ás vezes não custa nada ajudar, ou pelo menos não dificultar. Talvez o Natal não passe disso mesmo, de um momento consumista eu que se esquece tudo o resto.

BEijinho e um sorriso para ti


De Nina a 2 de Dezembro de 2009 às 18:12
Eu tb estou cheia de espirito natalicio!

Tou doudinha pra colocar as luzinhas! e receber as prendinhas ih


De FilipeP a 2 de Dezembro de 2009 às 21:42
Olá Nina

Imagino que deves estar mesmo. O natal é muito bom quando se é mais novo, depois parece que vai perdendo a mistica.

Beijinho e diverte-te


De Selene a 2 de Dezembro de 2009 às 21:41
Infelizmente isso é muito frequente.
Eu não consigo fazer isso, mas infelizmente vejo pessoas a fazer isso muitas vezes...
Pois, as pessoas esquecem-se do que é o natal...As prendas não trazem felicidade por si só...
Bjns doces, boa noite.


De FilipeP a 2 de Dezembro de 2009 às 21:44
Pois, parece que é mesmo. O que é triste, porque para uma pessoa que possa andar não são mais 20m que vão fazer diferença.

Eu sempre disse sobre as prendas: Não importa propriamente o que são , mas que as dá. As pessoas esquecem-se um bocado disso. É estranho porque noto que alguns dos meus amigos andam desapontados com o natal.... compreendo-os bem


De FilipeP a 2 de Dezembro de 2009 às 21:46
Haaa... a pressa!!! Beijinhos e uma boa noite para ti também. E mantém vivo o espirito Natalicio


De Selene a 2 de Dezembro de 2009 às 21:50
Obrigado, és um querido!
Concordo e também compreendo...


De espaço da raquel a 3 de Dezembro de 2009 às 18:57

hello
infelizmente, já são poucas as pessoas e atitudes que me deixam surpresa, o que me choca, pq não há meio de tb eu conseguir "entender" estas formas de viver, com muita pena minha, atrevo-me a dizer que a cada dia q passa, as as pessoas estão mais individualistas e menos preocupadas com o próximo , é o salve-se quem puder, é TRISTE.
uma beijoca para ti
Fica bem


De FilipeP a 3 de Dezembro de 2009 às 20:54
É mesmo assim menina Raquel. E o pior é que as pessoas nao percebem que assim são realmente menos felizes. Acho que aquilo a que chamam evolução da humanidade não passa de uma desevolução.
Acho sinceramente que cada vez menos são aqueles que realmente dão valor ás coisas certas. Mas por outro lado isso também os torna mais especiais.

Beijinho e bom espirito natalicio


Comentar post

.mais sobre mim

.Mirones

Free Counters

.Maio 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


.posts recentes

. E mais um sonho :)

. Mais um dia

. Conto 1

. Onze minutos

. A ilusão das lâmpadas eco...

. O que comemos é o que pen...

. Nem tudo é o que parece.....

. A ignorancia é felicidade

. Questão

. Horta de varanda

.arquivos

.tags

. todas as tags

.links

.Apoio

Partido pelos Animais e pela Natureza
blogs SAPO

.subscrever feeds