Segunda-feira, 26 de Julho de 2010

Palavras

Gostava de partilhar algo especial hoje. Algo sobre paz, sobre amor, sobre evolução espiritual, sobre caminhos e sobre pessoas. Mas nada sai da minha mente. Talvez porque as palavras não possam ser apressadas ou retiradas de dentro de nós como se de um sumo se tratá-se.

 

Gostava de uma resposta para a pergunta: " Como se alcança a paz interior, como um estado permanente?"

Por vezes penso que esta é só uma utopia que eu persigo mas que não é possivel atingir. Não que viva obcecado por isso, mas depois de observar e sentir a paz transmitida por algumas pessoas especiais para mim, e como me fazem sentir, descobri que gostaria de atingir esse estado de "iluminação". E transmitir essa mesma paz aos outros que me rodeiam.

Numa sociedade em que todos vivem rápido demais e que não existe preocupação com o proximo acho que é preciso parar e dar a mão. Como alguém disse " ... a tua felicidade é directamente proporcional á ajuda ofericida aos outros no mundo... " Á pouco tempo comentava exactamente isso com uma amiga; Que seremos tanto mais felizes quanto mais felizes ficarmos pela felicidade dos outros. E esta é uma grande verdade. Das coisas que me trazem mais felicidade são as alegrias dos amigos. Sentir que alguém está verdadeiramente feliz é como um bálsamo de alegria para mim. Se sentissemos todos a felicidade desta maneira a vida seria bem mais especial.

 

Uma boa semana para todos

sinto-me: Bem
música: silêncio

publicado por FilipeP às 22:38
link do post | comentar | favorito
13 comentários:
De verdesperanca a 27 de Julho de 2010 às 20:03
Este texto, curioso, vai de encontro à resposta que acabei de escrever ao teu comentário...
Compreendo perfeitamente o que aqui dizes e concordo, a nossa felicidade passa muito por ver/fazer os outros felizes à nossa volta.
Acho que o estado de paz permanente é um pouco utópico na perspectiva da comunidade que estás inserido, talvez atingisses esse estado "iluminado" se fosses para o Tibete, Bali como aqueles monges budistas onde poderias isolar com mais facilidade muitos factores externos e estar mais a sós com a tua essência.
Não sofras por não atingir esse estádio que pretendes, aceita que poderás não conseguir a 100% mas nunca desistas de lá chegar. Sê um bocadinho melhor todos os dias, há dias e dias, mas tu consegues...
Um abraço.


De FilipeP a 27 de Julho de 2010 às 22:24
Acho que o grande desafio desta vida está mesmo em conseguir atingir essa paz interior e viver na nossa sociedade. Aliás li algures que a verdadeira evolução espiritual nunca pode estar dissociada da sociedade em que se vive, senão não é verdadeira. É certamente muito mais fácil encontrar a paz se não tivermos nada que nos destabilize.
Essa visão faz parte dos meus ideais. A vida para mim é um periodo de evolução do espirito, como existem muitos outros. E nessa perspectiva é como dizes, não se pode deixar de querer evoluir.

Beijocas boas


De verdesperanca a 28 de Julho de 2010 às 20:06
Sim, penso que inserido na sociedade a paz de espírito é mais valiosa e gratificante por ser mais difícil.
Não vale a pena fugir, somos o produto de um tempo e espaço e é isso mesmo, ser cada dia melhor nesta passagem que é a vida.
Bjns


De emma_leiria a 27 de Julho de 2010 às 21:58
Já percebi que não estou incluída nessas pessoas.....lololol.... paz permanente.....uiiiii..... é um caminho...penso que talvez nunca um fim.....olha hoje com este calor então estou que nem posso..... sabes daqueles dias não..... em que outros virão....
Beijokas miguito...... vais no caminho certo deixa lá.....não te preocupes


De FilipeP a 27 de Julho de 2010 às 22:30
Ás vezes tenho dúvida se o caminho é realmente este. Ou qual é na realidade. Apesar de descobrirmos o que nos faz feliz por vezes mentalizamos que existem condicionantes que nos impedem de evoluir na direcção certa. Acho que só o tempo e as pessoas dirão se o caminho é o correcto.

Beijocas


De Caminhando... a 31 de Julho de 2010 às 14:55
Amigo Filipe,

Acredito e vou sentindo que a paz interior nem sempre nos acompanha pois o nosso caminho não é linear, o que faz com que, quando ela se afasta e tempos depois, voltamos a senti-la, mais valor lhe damos depois.

Em relação à felicidade, concordo totalmente contigo. Felicidade verdadeiramente sentida, é quando a alegria e bem estar nos outros, nos poe um sorriso no rosto. E lá está, Viver só faz sentido se for feito com os outros!!

Beijo grande


De FilipeP a 2 de Agosto de 2010 às 18:36
Olá Joana

Acho que na sociedade em que vivemos e com todas as solicitações que temos essa paz permanente é uma utopia. Acho que para se conseguir isso era preciso estar permanentemente consciente do presente e do que se está a fazer e assim controlar toda a informação e estímulos que nos chegam.
Não há dúvida que em relação á felicidade, se aprendermos a ser felizes com as felicidades dos outros isso vai ser muito positivo para nós. Pois não só teremos a nossa felicidade para nos alegrar, como a dos outros também. Seremos então seres muito mais ricos interiormente.

Beijinho e boa semana


De Existe um Olhar a 1 de Agosto de 2010 às 22:31
Olá Filipe

Tantas vezes já senti aquela sensação um tanto frustrante de não conseguir colocar em prática aquilo que aprendo e os bons exemplos de pessoas iluminadas que se vão cruzando no meu caminho, mas depois penso que estamos a fazer uma caminhada no sentido da evolução e tudo tem um tempo para acontecer.
Só o facto de termos a lucidez suficiente para detectarmos as nossas fragilidades já é meio caminho andado para atingirmos o estado de "BUDHA"
Não desistas amigo.

Beijos
Manu


De FilipeP a 2 de Agosto de 2010 às 18:39
Olá Manu

Penso exactamente como tu. Claro que gostariamos ter a capacidade de a todo o momento conseguirmos exteriorizar as coisas em que acreditamos e as atitudes e maneiras de ser que temos como ideais. Mas a realidade é que muitas vezes, por culpa de toda a conjuntura que nos rodeia tal é muito dificil. Mas como dizes o que é realmente importante é estar desperto para essa realidade interior e nunca perder a vontade de evoluir na direcção da iluminação. Porque esse é o verdadeiro Caminho.

Beijinho e boa semana


De Just Moments a 3 de Agosto de 2010 às 00:32
Oláaa!!

Já tinha saudades deste cantinho que está cada vez melhor..
E se isso te faz feliz..então estás no caminho certo..

Mas sendo o ser humano insatisfeito por natureza , sei que vais continuar ..utopia? Talvez..one day at time:)

Beijocas


De FilipeP a 4 de Agosto de 2010 às 11:47
Olá amiguita :)

Acho que só mesmo no fim da vida saberemos qual era o caminho certo até lá resta-nos ir caminhando o melhor que sabemos e de acordo com aquilo que sentimos.

Sem dúvida que irei continuar. Não se pode parar de evoluir nesta vida.


Beijinho grande


De espaço da raquel a 3 de Agosto de 2010 às 20:16
e eu, só vim deixar uma beijinho com amizade e muito carinho


De FilipeP a 3 de Agosto de 2010 às 22:00
Olá menina Raquel.

Obrigado pelo carinho.
Espero que esteja tudo a caminhar na direcção certa contigo. Continua a acreditar

Beijinho grande e uma boa semana para ti


Comentar post

.mais sobre mim

.Mirones

Free Counters

.Maio 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


.posts recentes

. E mais um sonho :)

. Mais um dia

. Conto 1

. Onze minutos

. A ilusão das lâmpadas eco...

. O que comemos é o que pen...

. Nem tudo é o que parece.....

. A ignorancia é felicidade

. Questão

. Horta de varanda

.arquivos

.tags

. todas as tags

.links

.Apoio

Partido pelos Animais e pela Natureza
blogs SAPO

.subscrever feeds