Segunda-feira, 21 de Fevereiro de 2011

Amor vs amizade

Onde é que acaba a amizade e começa aquilo que se chama de namoro? Qual é essa fronteira que destingue estes dois sentimentos?

Na minha experiência é que nem todas as pessoas têm esta linha posicionada no mesmo sitio. É obvio que quando existe contacto fisico mais intenso esta linha está ultrapassada. Mas e antes? Será que sair frequêntemente com outra pessoa é ultrapassar essa linha? Será que é por sermos mais carinhosos com outra pessoa que deixamos de ser amigos e passamos a ser algo mais?

 

Sinceramente acho que não. Acho que nenhuma das hipoteses acima se verificam. Não é por eu gostar muito de estar com alguém e de partilhar muitas coisas com essa pessoa que as minhas atitudes se qualificam como as de um namorado. Não o é certamente por ser carinhoso também, uma vez que podemos ser carinhosos com as pessoas de quem gostamos. Isso não tem de ser necessáriamente algo mais do que o carinho e si mesmo.

 

Acho que a sociedade, as pessoas em geral, acabaram por juntar uma data de sentimentos e atitudes e colocá-los dentro do cesto do "namoro". E isso acontece porque não temos o á vontade para mostrarmos o que sentimos fora desse contexto. Dizer que se gosta muito de alguém fora do contexto da amizade é como se fosse uma sugestão para algo mais. Sobretudo entre sexos opostos.

 

Não tem de ser assim. A amizade deve poder ser algo quase tão intenso como o amor, dentro do seu contexto próprio da amizade. Não deixa de ser ela mesma uma forma de amor. Com uma intensidade e objectivo diferentes é claro. Mas no fundo o carinho, a atenção e o querer bem á outra pessoa podem ser sentimentos comuns a estas duas formas de amar....

sinto-me:

publicado por FilipeP às 19:11
link do post | comentar | favorito
11 comentários:
De Marta Gil a 22 de Fevereiro de 2011 às 12:48

Olá Filipe, como estás?
Passei aqui, e já não o fazia há muitos meses, penso.
Como está a tua saúde e afins?
Eu cá ando por Lisboa, e não faço surf desde ... nem sei, Agosto, para aí. Que saudades!

Beijinhos


De FilipeP a 22 de Fevereiro de 2011 às 21:17
Olá Marta :)
Que bom que é ver-te por aqui. Então já estás por Lisboa... Como é que está a se a experiência de estar na capital? Atrofia-te muito a confusão?
Olha também já não vou ao mar desde o final do ano passado e tenho grandes saudades e necessidade mesmo. Compreendo bem esse teu suspiro. De resto com a saúde e afins é um caminho... lá ei-de chegar ao destino :) 
Beijinho e tudo de bom para ti


De Marta Gil a 23 de Fevereiro de 2011 às 17:20
Bem, confesso que pensava atrofiar-me mais, tenho estado no paraíso. Estou a estudar Cultura Clássica, e se não Lisboa para me meter nestas coisas literárias? Sinto-me mesmo bem aqui.
 
É bom saber que está tudo num bom caminho.
Beijinhos



De FilipeP a 23 de Fevereiro de 2011 às 21:06
 Não me ocorreria um curso com que te identifica-se mais do que esse. É bom saber que estás feliz ai.
Beijinho


De Existe um Olhar a 22 de Fevereiro de 2011 às 18:28
Penso que antes de passar para o amor devem construir-se bases sólidas de amizade, assim se o relacionamente evoluir para algo em que o contacto físico, a intimadade, o querer estar junto, tem mais hipóteses de prevalecer e de se afirmar.
Penso que se pode desenvolver uma amizade tão profunda como o amor, desde que se tenha a lucidez e a força para evitar intimidades.
Costumo dizer: se queres perder um amigo vai com ele para a cama.

Beijos
Manu


De FilipeP a 22 de Fevereiro de 2011 às 21:22
Concordo com todas as tuas palavras Manu. Essa base inicial é fundamental para um relacionamento bem sucedido. 
Em relação á amizade o que eu noto é as mulheres têm muita dificuldade em aceitar e lidar com uma amizade profunda com um homem. Quando há muita aproximação e partilha existem sempre outros sentimentos que nascem e que acabam por estragar aquilo que poderia ser uma amizade bonita, criando afastamento inevitável. 
Mas lá está... as coisas têm de ser de uma certa maneira e não de outra.


Beijinho e uma boa semana. :)


De emma_leiria a 22 de Fevereiro de 2011 às 22:26
Realmente amiguito também concordo que ainda há muita gente que acaba por confundir tudo e por os pés pelas mãos....ou as mãos pelos pés ....lolol
Por vezes recordo com saudades os meus tempos vividos em França, onde os amigos do sexo oposto podem frequentar as casas uns dos outros e ficarem trancados uma tarde inteira num quarto...sem que daí advenha que sejam namorados....   isto na perspectiva de quem assiste como na perspectiva de quem o faz.....
Sempre fui um pouco irreverente nesses assuntos e sempre insisti em ter amizades muito chegadas com o sexo oposto....e até com opostos que fossem casados....  claro que a sociedade critica...blasfema.... e se ainda existisse as fogueiras eu seria queimada numa delas.....   depois temos os casos mais complicados...em que não é a sociedade mas sim um lado da amizade que acha que por.............     já deve de haver algo mais....mas isso...bem isso são outros 5 tostões  


De FilipeP a 22 de Fevereiro de 2011 às 23:20
Pois, tu percebes o meu ponto de vista amiguita. Sabes que eu valorizo muito as amizades e apesar de não ser ás vezes o melhor amigo do mundo os meus amigos\as são muito importantes para mim. Tenho alguma dificuldade em ver as pessoas afastarem-se quando as considero Amigas. Mas enfim, as coisas são como são e contra isso pouco podemos fazer.


Espero que já haja um solzinho a brilhar na tua vida amiguita.
 Beijocas 


De espaço da raquel a 24 de Fevereiro de 2011 às 17:33
o amor não existe sem amizade


De FilipeP a 24 de Fevereiro de 2011 às 19:01
Essa é uma grande verdade. Ou pelo menos não existe na sua forma mais pura. Mas o chato é quando a amizade é muita começa a fundir-se com o amor. 


De espaço da raquel a 24 de Fevereiro de 2011 às 23:27
tu de certeza que consegues perceber isso, aliás o nosso coração muitas vezes dá-nos as respostas precisas e necessárias
beijo amigo
:)


Comentar post

.mais sobre mim

.Mirones

Free Counters

.Maio 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


.posts recentes

. E mais um sonho :)

. Mais um dia

. Conto 1

. Onze minutos

. A ilusão das lâmpadas eco...

. O que comemos é o que pen...

. Nem tudo é o que parece.....

. A ignorancia é felicidade

. Questão

. Horta de varanda

.arquivos

.tags

. todas as tags

.links

.Apoio

Partido pelos Animais e pela Natureza
blogs SAPO

.subscrever feeds