Terça-feira, 7 de Fevereiro de 2012

Erros

Cometi erros, muitos erros.

 

Cometi erros que se pudesse voltar a trás não cometeria.

Mas a vida não volta atrás. Os erros e o seu resultado não se pode apagar. Não se pode fingir que não se sentiu ou que não se passou. 

 

Agora estou a pagar por esses erros. Estou a pagar com o meu sofrimento e com o sofrimento da pessoa a quem eu nunca deveria fazer sofrer.

 

Diz-se que a vida não trás manual de instruções e que por isso erramos. Acho que ás vezes é tão fácil não estarmos conscientes das nossas atitudes e das nossas palavras que nos deixamos eludir por nós mesmos. Ainda que, muitas das vezes, tenhamos essas atitudes com as melhores das intenções. Pensando que elas proporcionam alegria e felicidade, afastanto os problemas para longe. 

Mas a verdade é que os problemas não podem ser afugentados, não devem nunca sê-lo. Devem ser enfrentados, conversados, discutidos, refilados, chateados e por fim resolvidos. Não o fazendo o que acontece que é eles vão pesando, vão criando barreiras. Vão sendo as pequenas pedras que se transformam em montanhas.

 

Sou um teórico da vida, sem dúvida (quando não se vive muito intensamente só resta a teoria). Um gajo que está rodeado pelos livros, que sabe dizer umas coisas giras, mas quando é preciso por em prática os ensinamentos esqueço-me que existem.

Fiz o que pensei ser o melhor, o que pensei que trazia mais alegria, mas na realidade só trouxe sofrimento.

 

Agora... sinto-me perdido. Num cruzamento de sentimentos e escolhas ...

 


publicado por FilipeP às 19:27
link do post | comentar | favorito
7 comentários:
De Natália Oliveira a 7 de Fevereiro de 2012 às 21:58
Os erros servem para aprendermos e evoluirmos. Quando cometemos um erro e se pudermos pedimos desculpa e consertamos o que há para consertar. Ficar preso no que correu mal é apenas mais uma forma de apego. O resto só o tempo dirá...


De alma minha a 8 de Fevereiro de 2012 às 00:25

F, não estejas perdido, tu sabes o caminho; tu, aprendeste com o erro; resta saber se mais alguém aprendeu, e te vai dar a mão, e seguir esse caminho contigo…

(e obrig. pelo som, maravilhoso)



De CC a 9 de Fevereiro de 2012 às 09:13

Meu caro Amigo,

Os erros fazem parte da vida de uma pessoa inteligente: primeiro porque os deteta, depois porque age para os corrigir – abre-se, assim, um caminho para a aprendizagem. O primeiro passo foi dado reconhecendo o erro, o que implica que houve uma reflexão anterior sobre um estado de coisas. É certo que podemos verbalizar as nossas conclusões, aliás se o erro afetar outros para além de nós é aconselhável que se discuta a situação de forma saudável, para se encontrar a melhor solução para as partes envolvidas. Mas é apenas com a ação que marcamos a diferença.

A resposta a um problema terá de ser SIM ou NÃO; o «nim» não existe. Para tal é fundamental que tenhamos objetivos bem definidos, de outro modo andaremos ao sabor do vento e, claro, teremos consequentemente a sensação de estarmos perdidos.

Não esquecer que a maturidade vem da capacidade de tomarmos decisões. Quanto mais protelamos tomadas de decisão mais nos fragilizamos, concedendo aos outros a gestão da nossa vida. A ação acontece sempre, por isso é melhor que sejamos nós a iniciá-la, para não ficarmos dependentes.  

Felicidades e boas escolhas.

CC



De Tânia a 11 de Fevereiro de 2012 às 15:06
Amigo, errar todos nós erramos.... uns mais, outros menos, mas todos erramos.... e ai de quem diga o contrário... errar faz parte do nosso crescimento e aprendizagem.... só é menos bom quando não aprendemos com os erros, mas mesmo nesses casos, acredito que mais tarde ou mais cedo se acaba por aprender....não sei porque te sentes assim, apenas sei que és um ser humano maravilhoso. E como tal, sei que vais ultrapassar esse momento e seguir em frente, mais maduro e com mais uma aprendizagem da vida. E como diz alguem que eu conheço: "um dia tudo na vida fará sentido" :)
Beijinho grande para ti e quero sentir um sorriso, ok? :)


De Rosalina a 13 de Fevereiro de 2012 às 18:21
Caríssimo sempre amigo Filipe!
A tua partilha íntima é tocante. Continua a exprimir o que sentes, o que pensas o que trazes no teu coração. Desta forma aproximas-te mais de nós e de ti mesmo, do teu "eu" mais autêntico.
Podes sentir-te perdido, mas não estás, porque não estás só. Tens uma vida interior, tens amigos que te querem muito, tens uma família que te ama. Mas sim, tens escolhas e surgem cruzilhadas... Não existe vida sem estas cruzilhadas nem sem surpresas. As crianças adoram surpresas, nós, os adultos, nem por isso. É que às vezes as surpresas não são positivas. Todavia, por meio delas guardamos vivências, momentos de vida que valeram a pena. Como escreveu Fernando Pessoa, "Tudo vale a pena se a alma não é pequena." Tens uma alma grande, amigo, tens muito valor e acredito em ti, naquilo que tu és.
Estou certa que não causaste sofrimento a alguém propositadamente, pois és uma pessoa de carácter. Citando Camões: "Para passar o Bojador é preciso passar além da dor." Passa esta etapa da tua vida um pouco dolorosa com a Esperança de que irás sorrir muitas vezes no teu futuro e que irão acontecer surpresas boas, amigo ;.)
Apenas citei os poetas porque são versos que trago na minha lembrança e que por vezes têm sido para mim um alerta para a realidade da vida, que é bela e não feia, alegre e não triste.
Desconheço muito do que tens vivido nos últimos tempos, mas quero que saibas que tens e terás sempre aqui uma pessoa que gosta muito de ti, que te valoriza e que acredita na tua felicidade!
Recebe um abraço da Lina! 


De Caminhando... a 1 de Março de 2012 às 22:45
Filipe,


Um beijinho para ti. Espero que estejas bem. Feliz final de semana


De FilipeP a 2 de Março de 2012 às 08:33
Olá Joana


Estou bem, obrigado. Já passou o tempo da tempestade e agora o mar está mais sereno :)


Espero que estejas feliz também.


Um beijinho e um bom fim de semana para ti também.


Comentar post

.mais sobre mim

.Mirones

Free Counters

.Maio 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


.posts recentes

. E mais um sonho :)

. Mais um dia

. Conto 1

. Onze minutos

. A ilusão das lâmpadas eco...

. O que comemos é o que pen...

. Nem tudo é o que parece.....

. A ignorancia é felicidade

. Questão

. Horta de varanda

.arquivos

.tags

. todas as tags

.links

.Apoio

Partido pelos Animais e pela Natureza
blogs SAPO

.subscrever feeds