Terça-feira, 29 de Setembro de 2009

Alma das palavras

 

Parece-me que as palavras têm alma. Ou pelo menos têm a alma de que as escreve. Notei hoje ao ler um post que se consegue perceber o que vai o coração de outra pessoa somente pelas palavras. Ainda que elas possam não ter a melhor escrita. Que contenham erros, pois eles também falam. Ou até que não existam, pois o silêncio fala muito. Basta ouvirmos com o coração o que elas têm para nos dizer.

 

E é neste mundo singular que é os blogs que elas tomam tanta importancia. É aqui que elas são as rainhas e que impoêm o seu dominio por todo o lado. Por outro lado não são elas o mais importante...  o mais importante são os sentimentos que elas transportam.

 

 

Há Palavras que Nos Beijam 

Há palavras que nos beijam 
Como se tivessem boca. 
Palavras de amor, de esperança, 
De imenso amor, de esperançar louca. 

Palavras nuas que beijas 
Quando a noite perde o rosto; 
Palavras que se recusam 
Aos muros do teu desgosto. 

De repente coloridas 
Entre palavras sem cor, 
Esperadas inesperadas 
Como a poesia ou o amor. 

(O nome de quem se ama 
Letra a letra revelado 
No mármore distraído 
No papel abandonado) 

Palavras que nos transportam 
Aonde a noite é mais forte, 
Ao silêncio dos amantes 
Abraçados contra a morte.

 

                                           Alexandre O'neill

Uma boa semana para todos  

FP

 

 

sinto-me: pensativo
música: Live

publicado por FilipeP às 21:25
link do post | comentar | favorito
18 comentários:
De Marta a 29 de Setembro de 2009 às 21:56
Concordo plenamente contigo, pois embora as palavras nunca se adequem perfeitamente ao verdadeiro sentimento, são elas que o conseguem transportar, mesmo sem gestos, olhares.
Revelam o mais interior de cada um, nada mais importando.

Beijinhos*


De FilipeP a 30 de Setembro de 2009 às 19:17
Olá MArta

Sabes que eu nunca dei muita importancia ás palavras. Sempre achei que os gestos e as atitudes eram muito mais importante ( e ainda acho) mas devido ao blog começo compreendo que elas tÊm também um papel importante na definição do que sentimos.

Beijinho


De Marta a 30 de Setembro de 2009 às 22:40
Se dessem mais importância aos meus gestos do que às minhas palavras, nem quero fazer ideia do que iam pensar de mim :O


De Selene a 29 de Setembro de 2009 às 21:58

Lindo poema mas mais simples, lindo e sentido está o teu texto. Senti a descrição das tuas palavras e fiquei feliz por seres sensível ao ponto de escreveres sobre isso.
Nos blogs há quem se esconda por detrás das palavras fazendo-se paracer por quem não é mas as pessoas de que falas, essas sentem-se em cada palavra, em cada vírgula, em cada smiley, em cada música, a cada imagem...
Boa noite, bons sonhos.


De FilipeP a 30 de Setembro de 2009 às 19:21
Obrigado

Essa diferença entre as pessoas que escrevem com o coração e que escrevem para se mascarar nota-se. Talvez não á primeira, mas com o tempo. E por outro lado como disse as palavras também transportam sentimentos e nós conseguimos senti-los. Conseguimos ler determinada pessoa e compreender o que ela está a sentir. Mesmo que seja só através das palavras.

Beijinho grande amiguita


De Pinky a 30 de Setembro de 2009 às 09:14
Concordo inteiramente com aquilo que dizes. Há textos que transbordam sentimentos e sinceridade. E quem está de fora consegue sentir isso. É isso que a escrita tem de bonito e mágico!

Beijinho


De FilipeP a 30 de Setembro de 2009 às 19:24
Olá

E isso é especial. Conseguires olhar para o texto e sentires a pessoa. Compreende-la só pelas palavras. Acho isso bonito.

Beijinho


De Just Moments a 30 de Setembro de 2009 às 15:55
E quando não há olhares, existem palavras!

Sinceras como as Tuas! Quando são escritas com a alma, "sentem-se"

Belo poema..adorei

Beijocas



De FilipeP a 30 de Setembro de 2009 às 19:26


Não precisam ser especiais, nem bem escritas. Precisam ser sentidas, vindas do coração. E assim as mentes mais sensiveis e despertas conseguiram vêlas.

Obrigado pelas tuas amiga

Beijinho grande


De Nina a 30 de Setembro de 2009 às 18:40
Entow porquelhé que ainda não vim nem um mimo pa mim lá na minha esquina? hem



De FilipeP a 30 de Setembro de 2009 às 19:28


Pois é. O problema é que a tua esquina é noutra cidade.... e quando respondemos as cartas não chegam lá.

Mas vou lá dar uma cuscada agora.

Beijocas


De Sunlight a 1 de Outubro de 2009 às 12:22
Entrei sem convite... num mundo de palavras...

Palavras essas com sentimentos...sentimentos que por vezes não somos capazes de o dizer em voz alta e que ao escrever vão saindo lentamente dos nossos dedos como se eles tivessem vida própria.

Voltarei se não se importar=)


De FilipeP a 1 de Outubro de 2009 às 13:44
Olá :)

Acho que este espaço (os blogs) tem essa caracteristica especial. As pessoas aqui podem ser elas mesmas. Podem deixar de lado todos os medos e as timidezes e outras coisas que as bloqueiam no dia a dia e ser elas próprias.
Mesmo só atravez das palavras pode-se conhecer bem as pessoas, pois as palavras falam muito.

Terei muito gosto em te ler aqui de novo .
Beijinho

Ps. Trata-me por tu pff, se não te importares


De Sunlight a 1 de Outubro de 2009 às 14:20
Olá :)

Obrigado por me fazeres sentir em ''casa''...
Terei muito prazer em ser uma visita diária de palavras por aqui gravadas... e sim, tens razão quando quando dizes que se consegue conhecer uma pessoas pelas palavras dela. É uma caracteristica de quem sabe interpretar as palavras.

Terei muito gosto em te ler novamente.

Beijinhos


De abelhinha a 1 de Outubro de 2009 às 18:56
Costuma-se dizer que "palavras leva-as o vento"... mas concordo contigo se elas forem escritas com toda a sinceridade (como deve acontecer num blog) transmitem toda a alma e sentimentos de quem as escreveu...

E o poema é lindisssimo!

Beijinhos


De FilipeP a 1 de Outubro de 2009 às 20:09

Eu acho que o mal das palavras é que podem ser escritas com muitas intenções. E nem sempre o são com sinderidade. Tal como a palavra dita a escrita pode existir para gerar um efeito pretendido, ainda que não através da verdade. Mas as palavras verdadeiras nós conseguimos senti-las, mesmo ao longe, mesmo sem conhecer a pessoa.

Também adoro o poema :)

Fica em paz
:)


De emma_leiria a 2 de Outubro de 2009 às 09:03
Bom dia Filipe.... eu costumo dizer que há lágrimas e sorrisos nas palavras....há tudo o que nela deixar-mos transbordar...e como dizes quem não é sincero nas palavras mais tarde ou mais cedo ....
Beijokas e bom fim de semana


De FilipeP a 2 de Outubro de 2009 às 19:02
Olá Emma

E deixa-me dizer que é um prazer ler as tuas palavras. Nelas lê-se aquilo que referia: Sinceridade e sentimentos. É bom conhecer pessoas assim.

Um bom fim de semana também para ti
Beijinho


Comentar post

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 36 seguidores

.Maio 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. E mais um sonho :)

. Mais um dia

. Conto 1

. Onze minutos

. A ilusão das lâmpadas eco...

. O que comemos é o que pen...

. Nem tudo é o que parece.....

. A ignorancia é felicidade

. Questão

. Horta de varanda

.arquivos

.tags

. todas as tags

.links

SAPO Blogs

.subscrever feeds