12 comentários:
De umabrisadomar a 24 de Abril de 2010 às 19:28
Bonito post, sim senhor!
E é engraçado como uma simples historia com duas rãs, nos pode ensinar tanto.
Nunca desistir de lutar, mesmo quando tudo parece perdido, é sem duvida um grande ensinamento...
Beijocas e um bom fim de semana, com continuação de rapidas melhoras


De FilipeP a 25 de Abril de 2010 às 10:23
Olá amiguita

Este livro que estou a ler está cheio destas histórias para pensar.
Achei que este conto se aplicava bem a este momento em particular. No geral é assim que a vida deveria ser vivida, sempre sem baixar os braços.

Um bom domingo para ti também lindinha.
Aproveita bem este sol

Beijocas


De verdesperanca a 24 de Abril de 2010 às 22:41
Confessa lá, escreveste este texto para mim não foi?
Pareces que adivinhas, sem querer este teu texto tem as melhores palavras que um amigo me poderia dizer e transmitir.
Excelente mensagem neste teu post, e é isso mesmo...
Beijinhos doces. Como estás?


De FilipeP a 25 de Abril de 2010 às 10:27
Olá amiguita.

Bem, não foi a pensar em ti directamente, mas ainda bem que elas te inspiraram. Parece que existem coisas que nos aparecem sempre na altura exacta.
Este livro está cheio de contos assim... cheios de ensinamentos.

Por aqui vou recuperando... penso que daqui a uma semana já consiga voltar para o trabalho.

Beijinho grande e um bom domingo para ti


De verdesperanca a 25 de Abril de 2010 às 10:50
Sim, coisas/palavras certas na altura certa.
Ainda bem que estás a recuperar bem.
E já podes sair de casa ou ainda não? Hoje está um dia muito bonito.
Bom domingo.


De FilipeP a 25 de Abril de 2010 às 11:25
:)
Já posso sair de casa sim, mas ainda não posso abusar muito. Ontem fui fazer um passeio á praia e acabei por ficar um bocadinho ressentido..

Realmente este sol está mesmo bonito para sair :)
Beijocas


De Sindarin a 25 de Abril de 2010 às 14:18
Olá meu amigo! Espero que estejas melhor. E este post é o afirmar que a esperança é última que morre. Tendo-a somos capazes de grandes feitos mesmo sendo fracos e não vendo saída. Um beijinho grande.


De FilipeP a 25 de Abril de 2010 às 21:29
Olá boa noite :)

Estou a melhorar sim, de dia para dia. Este conto apareceu na altura certa. Tal como muitas coisas que aparecem na nossa vida, foi perfeito.
É preciso nunca perder essa coragem e essa vontade de viver... é ela que nos faz avançar.

Beijinho e uma boa semana



De Existe um Olhar a 25 de Abril de 2010 às 20:34
Olá Filipe

Gostei muito de ler esta história que nos traz um ensinamento muito importante para a vida...Nunca desistir! Não duvido que tu estás incluído no grupo daqueles que transformam a nata em manteiga e deslizas para a vida com coragem, fé e determinação, e digo isto pelo que tenho lido aqui, e pela energia que deixas transparecer, mesmo em caso de doença. Que a força nunca te abandone.
Já reparei que estás melhor e até te atreveste a fazer um passeio até á praia, fico contente por ti.

Filipe, pensei deixar-te uma sugestão para que, se for da tua vontade , participes num desafio que está a decorrer e que já vai na sexta edição. Toda a explicação está no blog do Paulo, Sorriso de Geia e a palavra para o texto, poema, frase..é o "Tempo".
Como penso que agora estás com mais disponibilidade e imaginação não te falta, penso que a tua participação seria uma mais valia.
O link está no meu blog.

Desejo-te uma óptima semana
Beijos
Manu


De FilipeP a 25 de Abril de 2010 às 21:37
Olá Manu :)

Este livro que estou a ler é pródigo neste contos, cheios de ensinamentos. Não me considerando uma pessoa que deslize pela vida com muita felicidade, mas tento a todo o custo que todas as experiências e acontecimentos tenham um lado positivo. Nem sempre é fácil, porque todos nós temos os nossos dias menos bons, mas ninguém disse que o Caminho o ira ser.
Já estou a ficar melhor sim... obrigado :)

Vou dar uma olhada nesse desafio que parece interessante. Talvez consiga dar um contributo valorativo.

Beijinho e uma feliz semana para ti


De Caminhando... a 27 de Abril de 2010 às 15:29
Olá amigo Filipe!

Tão bonito este conto que connosco partilhas. A esperança deve ser de facto uma companheira de vida. Com ela tudo se torna mais suportável e melhor aproveitamos o que nos rodeia pois estamos dispostos a isso.

Um beijinho grande e espero que a recuperação continue a correr bem!!


De FilipeP a 27 de Abril de 2010 às 18:07
Olá Joana.

Também achei bem bonito este conto. E com uma mensagem bem bonita. Como se costuma dizer... a esperança deverá ser sempre a última a morrer.

A recuperação está a corre bem, obrigado. Ainda com algumas dores, mas poucas. Entretanto já estou (quase) pronto para outra.

Beijinho


Comentar post