21 comentários:
De verdesperanca a 29 de Junho de 2011 às 09:53
Não desanimes. Há efectivamente coisas que não tem cura mas isso não quer dizer que não haja forma de atenuar os sintomas...
Compreendo-te bem nesse teu percurso pois fiz o mesmo.
Nós podemos sempre ajudar os outros...e ao ajudá-los compreendemos melhor as coisas e acabamos por nos ajudar a nós próprios.
Beijinho doce.


De FilipeP a 29 de Junho de 2011 às 18:45
Eu acredito que tudo tem cura. E deves estar a pensar que o "tudo" que estou a utilizar é relativo. Mas as histórias que já ouvi e as coisas que já vi mostram-me que a cura é sempre possivel. Talvez não o seja é como nos desejamos.
Há muita coisa neste mundo que nos escapa á percepção amiguita. E talvez este seja o caminho que o Universo tem para eu as descobrir.
É um caminho que tenho de ir percorrendo com o maximo de alegria e esperança.

É verdade, como tens estado tu das tuas dores de costas e afins? Já andas melhor?

Beijinho :)


De verdesperanca a 29 de Junho de 2011 às 19:59
Nem por isso na realidade... Tive de deixar de praticar os meus exercícios para a coluna por motivos económicos (não se pode ter tudo...) e ultimamente tenho piorado, tenho tido muitas dores.


De FilipeP a 29 de Junho de 2011 às 20:14
Ora bolas :(
Compreendo bem como te sentes ... o trabalho também me traz muitas dessas dores.
E não  costumas fazer nada em casa para aliviar?
Olha, eu tenho aqui um livrinho sobre problemas de coluna e assim. Vou scanar algumas páginas e envio-te por mail. Tem lá exercícios que te talvez te possam ajudar.


De verdesperanca a 29 de Junho de 2011 às 21:26
O problema também penso que é muscular.
A minha coluna tem umas curvaturas anormais acentuadas na lombar, torácica e cervical que fazem com que os músculos doam mais.
Eu conheço muito poucas pessoas da minha idade que tenham as dores que eu tenho. Há pessoas que nem sabem a sorte que tem por não lhe doer nada, eu tenho dores todos os dias, eu acho é que já me habituei a isso...
Fazer exercícios em casa é complicado, o espaço não é adequado, não sei os exercícios mais indicados e acima de tudo o exercício tem de ser regular e o tempo não ajuda nada.
Obrigada pelo mail. Bjs


De Ivete a 29 de Junho de 2011 às 15:10
Esperança e fé! Duas palavras que podem ter uma força decisiva em momentos menos bons da vida de qualquer vivente! A esperança deve permanecer até o último instante de tudo e a fé é que nos faz alimentar esta mesma esperança! Mantém-te assim, e quando menos esperares se acenderá a luz que precisas...

Um grande abraço Image


De FilipeP a 29 de Junho de 2011 às 18:41
Olá Ivete. Obrigado pelas tuas palavras.
A vida vai-nos ensinando umas coisas e ter esperança e fé é algo que ela já me ensinou. Apesar de não ser fácil faze-lo todos os dias, a maioria das vezes consigo fazê-lo.
É preciso acreditar para que o Universo nos traga algo de bom.

Beijinho e uma boa semana.


De So a 30 de Junho de 2011 às 22:08
Olá. Fiquei a pensar no teu post... Deixei de ter esperança, de acreditar, de ter fé... Pensei em desistir... O teu post está a ajudar-me a reflectir... Preciso, urgentemente, de voltar acreditar a sonhar... ou não, e desisto... Bjinho


De FilipeP a 30 de Junho de 2011 às 22:28
Olá :)
O que te posso dizer na minha experiência é que tudo é impermanente. A infelicidade também. Já houve uma altura da vida em que estava assim, desesperado e a desejar o fim, mas houve sempre uma frase que me acompanhou e ainda acompanha que é "tudo um dia fará sentido".
Acredita nesta frase. Vais ver que com o tempo tudo começará a fazer sentido, apesar de agora parecer muito mau. As coisa más também servem para nós aprendermos algo ou para chegarmos a algum lado.

Beijinho


De geriatriaaminhavida a 2 de Julho de 2011 às 22:14

Não sou a pessoa mais indicada para lhe dar força, pois quando passei por um problema de saúde que afinal não era tão grave como se previa, fui-me a baixo.
Mas digo-lhe que gostava de ter essa força, pois assim é que deve de ser. pensamento positivo, não é?
E sempre ouvi dizer que quanto mais pensamento positivo, mais facilmente se ultrapassa as adversidades da vida.
Fico a torcer para que tudo se resolva.
Um beijinho Filipe


De FilipeP a 3 de Julho de 2011 às 21:17
Quando se tem um problema de saude de longa duração acho que acabamos por tentar encontrar razões para ele acontecer. Não vale a pena estar a cultivar depressões ou tristezas, ainda que se as sinta. O que eu faço é  tentar fugir desses sentimentos. Não ligar para o problema e pensar noutras coisas. Nem sempre é facil...  e nem sempre consigo. Mas como a vida em si mesma isto também é um caminho.

Beijinho e obrigado pelas tuas palavras :)


De espaço da raquel a 6 de Julho de 2011 às 12:48

Infelizmente já ouvi isso,  o que há a fazer??? Pois, talvez seja ir percorrendo o nosso caminho com muita  alegria,  esperança e alguma motivação
Como que eu seja a melhor pessoa para te falar nisto, em esperança, motivação....mas só gostava de conseguir fazer para mim o que desejo e aconselho os amigos.


beijinho amigo para ti


:)



De FilipeP a 7 de Julho de 2011 às 08:48
Acredita que tudo se consegue. Ás vezes dá é um bocado de trabalho. E temos de estar atentos ás coisas, opções e alternativas que o universo nos coloca á frente e depois agarrar algumas delas para evoluirmos nesse sentido.
Nada se consegue sem um bocado de esforço
Image


De espaço da raquel a 7 de Julho de 2011 às 10:36
sim, como é verdade


De espaço da raquel a 6 de Julho de 2011 às 12:49
Image
ó pá, eu não sei que aconteceu á minha resposta, nã se vÊ...mistérioooooooooooooooooooooooooo


De FilipeP a 7 de Julho de 2011 às 08:49
Image Ficou escondida na imensidão do mar escuro que é o meu blog Image


De espaço da raquel a 7 de Julho de 2011 às 10:36
eheheheheheheheh!!!!!!!!!!!!mas eixa lá, o dono ilumina o espaço


De FilipeP a 8 de Julho de 2011 às 08:48
Image   Image


De Rosalina a 8 de Julho de 2011 às 15:05

Caríssimo Filipe!

A tua partilha é significativa, amigo. Também acredito que as nossas vivências,sejam boas ou más, de luz ou de trevas, trazem algo para a nossa vida pessoal e com elas transformamo-nos, crescemos. Vida envolve necessariamente crescimento e envolvência com o mundo que nos rodeia. Ninguém é um só. A ideia de individualidade é uma ilusão. A interdependência é uma condição humana, na Terra.
Quero ter consciência disso e compreender sempre melhor que é dando que recebo, que é procurando a união com o próximo que me encontro, que descubro as pequenas alegrias e pressinto a comunhão.
És uma pessoa forte, cheia de valor. Continua a ser a pessoa que és!
beijinho
Rosalina


De FilipeP a 8 de Julho de 2011 às 19:21
Obrigado pelas palavras Lina. :)
Tudo tem uma razão de ser, mesmo o sofrimento. E no fim haverá uma luz sem dúvida.
Quando chegarmos ao fim da caminhada o melhor que podemos ter é a certeza de que vivemos e evoluímos, sempre na tentativa de nos tornarmos seres melhores e mais felizes. 


Beijinho para ti :)




Comentar post