4 comentários:
De Tânia a 24 de Março de 2013 às 19:57
Olá!
As lâmpadas económicas só resultam em sítios em que não se esteja sempre a acender e apagar a luz, ou seja, locais em que tu acendas a lâmpada e fique algum tempo ligado, pois se assim não for, elas estragam-se num instante.
Cá por casa optei por ter económicas na sala e quartos, mas por exemplo na casa de banho, tenho das normais...
Mas agora cada vez mais as coisas tem uma duração limitada... isto dito por um electricista.... mas também não é normal fundirem-se ao fim de alguns meses.... pelo menos 2 anitos (acho q foi este o tempo que o electricista me falou) devem durar....
bjocas grandes


De FilipeP a 24 de Março de 2013 às 20:04
Olá :)
Pois, tens razão. Aquela duração que falam que elas têm, de durar 10.000h, não é a desligar e a ligar. Talvez o facto de elas durarem tão pouco seja por ter comprar marcas mais desconhecidas. Tenho outras da Osram e estão a durar... vamos ver até quando. Em relação ás coisas durarem pouco, é porque são projectadas para ser assim mesmo. Chama-se obsolescência programada. Por ex. no trabalho á pouco tempo uma impressora deixou de funcionar e como era nova contactamos a assistência. A resposta deles foi que aquele modelo estava programado para imprimir somente 12000 pág. depois disso... lixo. É a sociedade em que vivemos.. o que importa é vender e fazer dinheiro.

Beijocas


De Sónia Silva a 4 de Abril de 2013 às 15:51
Essa coisa do desligar e ligar já não existe, nas novas económicas (já não sai mais barato deixar a lâmpada ligada se formos sair da divisão por pouco tempo!) mas, há aquele fator chamado edp! Aquela empresa que tanto nos dá energia a 260 como a 130 V, sobretudo depois das quebras de energia (de cada vez que cai um grão de chuva, aqui pela minha zona) e não há, nem lâmpada, nem eletrodoméstico que resista! (sobretudo os que assumem que emigraram para os states e estão a 110 V, e depois... avariam...). Já agora, a dita empresa é um centro de ladroagem como outras... nunca é culpa deles, se fores um particular... já se for uma instituição/entidade xpto a reclamar, até tem sorte...


De FilipeP a 4 de Abril de 2013 às 20:03
Sim Sónia, é isso. Vendem-nos a ideia que as lampadas duram muitas horas, mas não nos dizem quantas vezes podem ser ligadas e desligadas. E tendo em conta que no seu interior estão circuitos electronicos é isso que se acaba por deteriorar  O que me apercebi é que há grande diferença entre marcas. Comprei recentemente umas da Osram e elas têm um sistema no arranque que evita que a lampada se queime... são pormenores que o consumidor não está atento.


Comentar post